Meu cabelo está caindo, e agora?



Essa é uma pergunta que recebo constantemente, e - infelizmente - nunca consigo responder.

Queda de cabelo é algo que geralmente não desperta muito nossa atenção. Quando começam a cair vários fios por dia acabamos nos rendendo aos produtos que estampam bem grande no rótulo: ANTIQUEDA. Massss, a maioria desses produtos apresentam um asterisco* na frente da palavra "antiqueda" e, logo abaixo, com letrinhas minúsculas, aparece a descrição: "redução de queda devido à quebra", ou seja, não é qualquer queda.


Qual a diferença entre quebra e queda?
A quebra está frequentemente associada a processos químicos ou outros danos causados aos fios, como exposição excessiva ao secador e chapinha, por exemplo. Nesse caso, os fios ficam frágeis e se quebram com facilidade. Já a queda é algo mais complexo, ocorre desde a raiz, podendo deixar falhas visíveis no couro cabeludo.

Quando a queda é preocupante?
Geralmente os especialistas indicam que cair cerca de 100 fios por dia é considerado normal (alguém já contou os fios que caem? EU NÂO! rsrs), mais do que isso, precisa ser investigado

Quais são as causas da queda capilar?
Inúmeras! 
Entre os principais motivos, estão:

  • Problemas hormonais
  • Estresse
  • Má Alimentação
  • Genética
  • Problemas no couro cabeludo
  • Deficiência de vitaminas e nutrientes
  • Alopécia
  • Pós parto
  • E vários outros...

No caso de queda, o que fazer?
Quando cai uma quantidade considerável de fios diariamente, é preciso procurar um especialista. Um bom dermatologista poderá solicitar exames para saber o verdadeiro motivo dessa queda, que pode estar ligada a inúmeros fatores. 

Por que é importante procurar um dermatologista?
Com os seus dados clínicos em mãos, o médico poderá te indicar tratamentos com medicamentos que bloqueiam a queda, evitando a perda de novos fios e acelerando o processo de crescimento dos fios que já caíram. Caso necessário, o dermatologista também poderá te encaminhar para outros especialistas para resolverem possíveis problemas que estejam provocando essa queda.

Produtos "ANTIQUEDA" podem resolver o problema?
A queda capilar é algo muito complexo para ser tratado com cosméticos. Sendo assim, em caso de queda de muitos fios e que não cesse rapidamente, procure um dermatologista ;)


Então é isso meus amores, o conselho está dado, não perca tempo usando produtos ou receitas caseiras em casos de queda persistente dos fios... quanto mais rápido procurar ajuda médica, menos transtornos você terá vendo seus fios indo - literalmente - por água abaixo!

Espero ter ajudado e esclarecido algumas dúvidas :)

Beijo grande!








Dicas para cuidar dos cachinhos das crianças



Olá pessoal!

A dica de hoje é especial para os pequenos com cabelos crespos/cacheados. Eu recebo muitas perguntas de como cuidar do cabelo das crianças, o que pode ou não usar, e resolvi fazer este vídeo com uma dica de hidratação + finalização para os cachinhos deles.



Antes do vídeo, gostaria de fazer algumas considerações:

Grande parte das pessoas tem cabelos cacheados ou ondulados durante a infância, mas apenas uma pequena parte delas optará por continuar com seus cachos quando crescerem. Quando eu era criança ODIAVA meu cabelo cacheado, simplesmente não aceitava minhas molinhas de forma alguma, até que fiz meu 1º alisamento aos 7 anos de idade.

Assim como eu muitas crianças não suportam ter cabelos cacheados e não veem a hora de poder alisá-los definitivamente. Muitas vezes vejo mães falando - na frente da própria criança - "olha esse cabelo, que coisa mais feia", "e esse cabelo pixaim", "nem pra minha filha ter puxado fulano que tem cabelo liso, mas puxou justamente o cabelo ruim do beltrano"... esses são alguns comentários que podem desencadear até mesmo um complexo de inferioridade nos pequenos, achando que SÓ quem tem cabelos lisos são os lindos, maravilhosos etc. Os cachinhos bem cuidados são lindos, por isso vou compartilhar algumas dicas com vocês que convivem com alguma criança que tem seus cachinhos para deixá-los ainda mais lindos ;)

Sempre ressalte o quanto os cachinhos dela (ou dele) são lindos, isso os motivará a sempre cuidar melhor dos seus cachos e evitará que se sintam inferiorizados por terem cabelos cacheados
Jamais desembarace o cabelo seco, isso causará muito desconforto pra criança, danificará o cabelo e os cachos ficarão deformados
Para desembaraçar os fios use preferencialmente os dedos ou pentes com dentes largos
Use diariamente um creme de pentear indicado pra idade, passe mecha por mecha, definindo os cachos
Faça hidratações regulares, isso ajudará manter a saúde dos fios

Algumas sugestões de ingredientes que você pode incluir na rotina de cuidados com o cabelo das crianças:

  • Banana (para hidratação)
  • Óleos vegetais, como o azeite extra virgem de oliva, por exemplo
  • Amido de Milho (para hidratação)
  • Mel
  • Gelatina incolor (para definir os cachinhos)
  • Babosa (para hidratar)
  • Gel de linhaça (para definir os cachinhos)
  • Manteigas vegetais, como a de Karité, por exemplo (adicionar na hidratação)

Neste vídeo, mostro a hidratação de banana com azeite de oliva e mel; também fiz uma finalização nos cachinhos da minha amiguinha Emily ;)



Espero que gostem das dicas ;)

Beijão pra vocês!








Óleo mineral X Óleo vegetal



(#Repostagem) 

Oi pessoal!!!

Quem pratica ou já praticou o No/Low poo, como eu (assunto para outro post), já deve estar cansada de ouvir falar desse assunto, mas como muitas meninas tem dúvidas a respeito da diferença entre esses dois tipos de óleos, resolvi compartilhar o pouco que sei a respeito disso ;) Na maioria das vezes que vocês me pedem dicas para combater o ressecamento dos cabelos eu acabo indicando um óleo vegetal, por que vegetal e não mineral??



Para que o post não fique muuuuuuuuuito longo vou fazer um resumo sobre as principais características e indicações de cada um deles, certo gatonas? ;)

ÓLEO MINERAL

O que é?
Também conhecido como parafina líquida, petrolato líquido pesado, óleo branco ou vaselina líquida, esse óleo é um derivado do petróleo e está presente em quase todos os produtos cosméticos.

Como é utilizado?
Esse óleo promete formar um filme de proteção, ou seja, uma barreira protetora que impede a perda de água dos fios, deixando-os mais fáceis de pentear.

*PONTO POLÊMICO:
Há quem condene veementemente o uso de óleo mineral, pois ele não tem a função de tratar o cabelo, e sim "maquiar" os fios. Como é um óleo mineral ele não contém nutrientes que trazem benefícios aos fios, é apenas um óleo, sendo assim, todo o "efeito" que ele proporcionar ao cabelo sairá na próxima lavagem. Será? Também há indícios de que o óleo mineral se acumula no cabelo, formando uma barreira que, com o tempo, deixará o cabelo opaco, sem vida, etc... mas acredito que isso só preocupa quem faz técnicas de no/low poo e não faz uso de shampoos com sulfatos (também será assunto para outro post).

ÓLEO VEGETAL

O que é? 
São óleos extraídos de plantas, na maioria das vezes das sementes delas. 

Para que é indicado??
Ahh, esse sim é o nosso queridinho devido as propriedades e nutrientes que ele confere aos nossos fios. Esse tipo de óleo realmente trata o cabelo, pois é rico em vitaminas e outros nutrientes que nossas madeixas amam *-* O óleo vegetal traz brilho, maciez, sedosidade e diversos outros benefícios aos fios capilares.

Como usar?
Esse óleo pode ser usado de diversas maneiras, como:
  • Reparador de pontas
  • Misturado na hidratação
  • Umectação 


É bom dar preferência aos óleos extra virgens, isso garante que o produto é 100% puro.

Alguns dos óleos vegetais mais usados nos cabelos:
  • Óleo de coco
  • Óleo de abacate
  • Azeite extra virgem de Oliva
  • Óleo de Rícino (mamona)
  • Óleo de linhaça
  • Dentre outros
Importante: Cada cabelo pode ter um óleo que se adapte mais, por isso, tente observar com qual (quais) óleo(s) seu cabelo fica melhor ;)

MINHA opinião:
Como já fiz No poo, fiquei mais de 1 ano sem usar produtos que continham óleos minerais e confesso que amei o resultado! Maaas, como sou MEGA curiosa para experimentar outros produtos, e infelizmente aqui no Brasil as opções de produtos sem óleo mineral são poucas, resolvi dar um tempo no No poo e usar de tudo. Eu continuo preferindo óleo vegetal, amo o resultado dele nos cachos!! Mas confesso que não deixo de usar um produto que eu gosto só porque ele tem óleo mineral não rsrs

Espero que tenham gostado das informações amores ;)

Super beijo!!








Resumo da minha transição



Olá pessoal!

Como prometido, sempre trarei postagens por escrito para que as pessoas que não conseguem visualizar os vídeos também possam aproveitar tudo o que está sendo compartilhado por aqui ;)


Como o vídeo anterior foi sobre transição, resolvi fazer um resumo de como enfrentei essa fase, me baseando nas respostas que dei no vídeo.

  • Eu entrei em transição há mais ou menos 8 anos atrás, depois de muitos anos de progressivas e definitivas. Não foi por vontade de voltar aos cachos ou coisa assim, tomei esta decisão depois fazer uma progressiva com muito formol que feriu o meu couro cabeludo. Eu não tinha muita escolha: ou parava com as químicas ou só Deus sabe o que aconteceria com meu couro cabeludo (e até mesmo com minha saúde!).
  • O meu cabelo demorou mais ou menos 1 ano e 8 meses pra voltar todo ao natural, na altura da nuca. Sempre fui cortando as pontas alisadas aos poucos, não fiz BIG CHOP (o grande corte, que corta toda a química de uma vez, deixando o cabelo curtinho).
  • Quando parei com as químicas, nem sabia que estava "em transição", na época não eram comuns estes termos e também não encontrávamos vídeos/posts com dicas, como vemos hoje em dia. Sendo assim, enfrentei essa fase sem saber que estava passando por ela rsrs
  • Muitas pessoas me sugeriam que eu fizesse a "escova tal", alisasse com o "produto tal" e confesso que eu QUASE fiz, mas meu marido foi meu grande estimulador para que eu não desistisse,
  • Como citei acima, eu não sabia que estava passando pela transição, apenas deixei de alisar porque a química havia me feito mal. Por este motivo, eu não cuidava direito do meu cabelo, vocês podem acompanhar a "evolução" destes cuidados e dos resultados AQUI.
  • Com relação ao preconceito, eu enfrentava comentários, como:
    "Por que você não deixou seu cabelo como estava?"
    "Seus cachos não voltam mais"
    "Seu cabelo era lindo alisado!"
    "Preferia você de cabelo liso"
    "Cabelo liso combina mais com você"
    Mas não dei ouvidos e graças a Deus consegui meus cachos de volta.
  • Minha dica, um incentivo pra quem está nessa fase: O que vai determinar se você terá ou não seus cachos de volta é a sua força de vontade. Isso é uma coisa que só você pode decidir... e, enquanto isso, seus cachinhos estão ansiosos para dar o "ar da graça" e voltarem com tuuuuudo!
Um super beijo pra vocês, continuem firmes!








Tag: Força no black



Oi pessoal ;)
O vídeo de hoje é uma TAG com várias perguntas bacanas sobre transição.


A TAG se chama "Força no Black" e estas foram as perguntas respondidas:

1- Apresentação: Quem é você, sua page, canal e blog?
2- O que a motivou a voltar ao natural, quanto tempo de transição, fez big chop? Se sim, com quanto tempo e o que sentiu no momento?
3- Como foi sua vida durante a transição e depois do BC? convivência com amigos, família e sociedade... 
4- Até o seu cabelo completar o seu primeiro ano natural, como foi a sua ansiedade ou você ficou tranquila? 
5- Seu cabelo já atingiu o tamanho que você quer? Se não, qual a sua expectativa de tamanho?
6- Ja sofreu preconceito por causa do seu cabelo? O que você sentiu e qual foi a sua resposta? Você se fortaleceu depois disso? 
7- Dica: Receita de Hidratação rápida para os dias de pressa e preguiça. 
8- Formar uma frase com sua experiencia de vida depois do natural, um incentivo.

Para conferir o vídeo, é só clicar no Play:


Espero que gostem
Beijo grande pra vocês :**